Ilustrações

Alimentados pelo Senhor

Alimentados pelo Senhor
Wilson Lemos
Escrito por Wilson Lemos

Sal. 81:10

Os filhotes de passarinho sabem nos ensinar a abrir bem a boca. E certo, as mãezinhas dos passarinhos nunca são tão capazes ou estão tão dispostas a encher as bocas escancaradas e famintas de seus filhotes, como está Deus de fazê-lo conosco. Deus nos apresenta de Si mesmo o quadro de quem espera para encher o faminto coração de Seus filhos.

Havia na Pérsia um costume que talvez torne mais clara essa expressão. Quando o rei desejava fazer uma honra especial a um visitante, pedia-lhe que abrisse bem a boca, e então começava a enchê-la de doces, e por vezes de jóias. Para nós, que vivemos no século XX, esse costume pode parecer estranho, mas pode por assim dizer apresentar-nos o fundo desse quadro bíblico.

Se Deus, nosso Rei, nos fala, dizendo: “Abre bem a boca, e Eu a encherei”, é porque quer fazê-lo com coisa muito mais preciosa do que jóias terrestres.

Consideremos a “boca aberta” em oração. Carecemos de mais fervor em nossa vida de oração? Abrimos suficientemente a boca, em oração? Falamos com Deus com a calidez e o amor com que o fazemos com amigos terrestres? Deus prometeu satisfazer a alma faminta.

Consideremos a “boca aberta” em testemunhar. Porventura o pecado nos fechou os lábios? Disse alguém: “Coisa alguma fecha tanto os lábios como a vida.

A boca dos guardas romanos foi tapada com ouro, a fim de que não espalhassem a maravilhosa história da redenção.

Sobre o autor

Wilson Lemos

Wilson Lemos

Meu nome e Wilson lemos,
sou evangelista formado em bacharel em teologia pelo instituto de teologia
SETAD.

Sou casado e tenho por missão ajudar você a crescer espiritualmente em conhecimento.

Deixe um comentário