Ilustrações

A  Moeda de  Ouro

A  Moeda de  Ouro
Wilson Lemos
Escrito por Wilson Lemos

Uma tarde, assentado sobre uma pedra, à beira do caminho, um pobre trabalhador esperava a volta de seu filho, que fora à aldeia próxima comprar um pouco de pão. A criança voltou, e quando o pai com a sua faca cortou o pão em pedaços, caiu de dentro uma moeda de ouro. O menino soltou um grito de alegria e, apanhando a moeda, exclamou:

– Papai, o senhor não terá mais necessidade de trabalhar tanto, porque agora temos dinheiro bastante para viver alguns dias.

– Meu filho, – respondeu o pobre homem – é bem possível que esse ouro tenha caído do bolso do padeiro quando amassava o pão; devemos restituí-lo.

– Mas, papai, – tornou o menino – se ninguém sabe, por que não podemos guardá-lo?

– Meu filho, eu comprei o pão e não o dinheiro que estava dentro dele, é por isso que ele não nos pertence. Se ninguém sabe, Deus vê tudo, não ignora e nos ordena restituí-lo. Se não somos ricos devemos ser honrados.

Dito isto, o pai pegou a moeda e foi entregá-la ao padeiro.

– Você é um homem honesto, pode guardar o dinheiro – respondeu-lhe este. – Esta moeda uma pessoa me deu há poucos dias e me encarregou de dá-la ao pobre mais honesto que eu conhecesse. É por isso que ela pertence a você.

O menino, então, abraçou o pai, dizendo-lhe:

– Nunca me esquecerei, papai, do que o senhor me disse: “É melhor ser pobre e honesto do que rico e desonesto.”– O Juvenil.

Sobre o autor

Wilson Lemos

Wilson Lemos

Meu nome e Wilson lemos,
sou evangelista formado em bacharel em teologia pelo instituto de teologia
SETAD.

Sou casado e tenho por missão ajudar você a crescer espiritualmente em conhecimento.

Deixe um comentário